Assunto de Meninas (Lost and Delirious)... Maravilhosamente Lindo - por Ant

Depoimento - por Sabine

Assunto de Meninas (Lost and Delirious), Meu passado e Meu futuro - por Nio

Se vocÍ quer ver seu depoimento publicado, mande um e-mail.                


Assunto de Meninas (Lost and Delirious)... Maravilhosamente Lindo - por Ant

"Era sábado à tarde e eu não tinha nada para fazer, eu estava de preguiça. Sem nada melhor para fazer eu sentei em meu sofá confortável e liguei a TV. Eu estava procurando se havia algo interessante naquela hora do dia, mas...

Havia, um novo filme para mim, que eu nunca havia assistido antes. O título pareceu convidativo para mim porque eu sempre me sinto perdida e desvairada também. De qualquer forma, até então, eu não estava tão perdida o quanto estou hoje. Este filme mudou minha vida... para sempre.

Isto não significa que minha vida mudou de uma maneira negativa, mas eu tenho que dizer que ele me influenciou muito de diferentes formas.

Quero dizer, eu nunca vivi minha própria vida eu me pergunto se conseguirei viver. Eu tenho essa vida que meus pais planejaram para mim. Eu não posso fazer tudo aquilo que quero, eu não sou livre. Eles dizem que é o melhor para mim, mas finalmente esta vida começou a me sufocar... Assim como a de Tori!

Eu sou muito parecida com a Tori, mas ao mesmo tempo eu gostaria de ser como Paulie. Ninguém pode me entender se não esteve numa situação parecida. De qualquer forma, eu sei que não a única.

Sim, amor verdadeiro existe, mas é difícil de encontrar. Paulie desafiou tudo em sua vida e nada a conseguiu impedi-la. Ela faria qualquer coisa para ter o seu amor de volta... lembro-me quando ela estava na biblioteca gritando: "Gritarei teu nome para que as colinas ressoem e transformem o balbuciar do vento em um grito: Victoria." Ela não se importa sobre o que as pessoas pensam dela... Eu não sou assim e quando ela empurrou o pai de Tori durante a dança na festa e começou a dançar com Tori... Não, ela não é louca como muitas pessoas podem achar, ela é forte e realmente sabe o que quer, por isso eu a admiro. Ela está apaixonada e ela possui uma maravilhosa compreensão sobre o que é o amor: "O amor é. Ele simplesmente É! Não podem fazê-lo desaparecer, é a razão de estarmos aqui. É o topo da vida. E, quando você chega ao topo e olha para todos lá em baixo está preso nele para sempre, pois se tentar mover-se, você cai, você cai..." Concordo plenamente com ela (esta é minha citação predileta) eu espero poder ser tão forte quanto Paulie!

Você pode ser a única pessoa no mundo, mas para uma pessoa você pode ser o mundo. Isto é o que Tori significa para Paulie, o mundo. Eu também acredito que Tori e Paulie não eram lésbicas, elas eram somentes perdidamente apaixonadas uma pela outra. Você sabe, o amor não escolhe sexo. Paulie sentia desesperadamente a falta de Tori. A única pessoa que realmente amou Paulie foi Tori.

Este filme é especial para mim, pois ajudou-me muito a descobrir quem eu realmente sou. Hehe, demorou 18 anos, muito tempo não?... E eu ainda tenho que descobrir mais sobre mim. Quando eu fiz minhas pesquisas sobre este filme eu descobri que este filme é especial para outras pessoas também e cada um tem suas próprias razões para achá-lo especial.

Sempre que assisto ao filme, é como se eu estivesse assistindo-o pela primeira vez e meu coração queima com uma chama secreta. Este filme incendeia o meu mundo.

Eu sonho com os caminhos que me inspiram durante a noite... mas, é manhã novamente e eu tenho que encarar a realidade.

Eu me pergunto: "vamos permanecer neste mundo estúpido, que em tua ausência não é melhor que uma porcilga?"... Bem, por enquanto, eu preciso... e depois só Deus sabe."

 

Depoimento - por Sabine

"Eu aluguei o DVD e assisti 2 vezes seguida. Eu fui até a internet procurar por depoimentos e encontrei muitas respostas. Eu acho que isso é que faz filmes como Assunto de Meninas, gostando você ou não, serem especiais.

Eu não achava que Piper era uma grande atriz, quando eu vi este filme (eu somente tinha visto Show Bar antes deste) e agora eu admiro suas qualidades. Sua atuação como Paulie é fantástica! Eu tenho que admitir que eu me apaixonei por Paulie depois de ver o filme... Hehe! (e que não se apaixonou?) O filme inteiro é tão tocante... É quase como Shakespeare. Na maioria das tragédias de Shakespeare a queda do personagem principal é tão rápida, tão dramática.

Eu acho que o falcão deve ser um personagem paralelo a Paulie, ainda que eu não saiba como essa metáfora funciona. Eu não tenho idéia porque Graham Greene no papel de de jardineiro é tão significante. Por uma vez eu estou grata por ter estudado Shakespeare na escola. Só um comentário a parte, a citação que Paulie usa na cena da biblioteca (quando ela pula na mesa/a "farei uma cabana de salgueiro" citação) é de uma outra peça de Shakespeare, Twlfth Night. Assunto de Meninas (Lost and Delirious) é o único filme que me fez sentar e pensar quando ele acabou. Quando eu digo pensar, eu quero dizer, um pesamento real, não tentar apenas entender o que acabou de acontecer.

Eu tendo a ignorar o que os críticos dizem em relação aos filmes. Especialmente em relação a... Eu acho que você pode dizer controversos, como Assunto de Meninas, se o filme é bom ou ruim depende da perspectiva de cada um. Perto do fim, Paulie está sofrendo um colapso nervoso ou ela somente está na iminência de sofrer um? Ela não se dá conta disso? Eu ouvi que pessoas que sofrem de problemas mentais e psicológicos geralmente não sabem que há algo de errado com elas. Vamos pensar, é um tanto apavorante... significa que você não sabe que você está "enlouquecendo" até que alguém conte a você. O filme de qualquer forma é um tanto deprimente... Eu sinto por Paulie, talvez o jardineiro não seja tão importnte. Talvez seja um daqueles excesso de analises, como nos fazem analizar livros na escola. Cada pedra, cada árvore simboliza algo, Hehe. Talvez ele seja um cara adulto que está lá para contra-balancear o filme. Quando Mouse se confunde ou está passando por um momento difícil, ele é aquele que ela procura e mesmo que ela não diga muito, o que ele diz é geralmente um pensamento (um dos meus favoritos é quando Mouse pergunta: "Quanto importa o que as pessoas pensam sobre você?" Ele diz: "Depende de quanto elas estão te pagando." Oh, e outro, "Em transição, interessante. Pronuncia-se com 'ph' ou 'f'?"). As cenas entre Mary e o jardineiro permitem ao telespectador tomar fôlego entre as cenas intensas.

Há confusão em relação a idade de Mouse. Paulie e Tori estão na escola. O filme foi rodado na Universidade de Bishop, mas ela não funciona como universidade. Eles somente usaram as locações (é um ótimo campus! Eu quase solicitei matrícula, mas me dei conta que eu não sei falar francês) e transformaram num internato e as 3 garotas estão no ensino médio. Eu acho que o nome da escola não é mencionada. Creio que Mouse tem 14 anos e se o filme é baseado no romance de Susan Swan "The Wives of Bath" (péssimo livro, nem se compara ao filme). Ela é esperta e pulou algumas séries. Paulie e Tori, presume-se que estão no último ano, pois elas falam sobre irem a McGill (uma universidade) no próximo ano e no Canadá, dependendo da província, você pode ter entre 17 e 19 quando você termina o ensino médio. Mouse divide o quarto com com 2 garotas porque elas são da mesma série ( e talvez exista espeço no quarto, talvez, de acordo com Paulie, "a senhora Vaugh não queria nos deixar sozinha aqui").

Uma outra nota, eu chequei algumas pesquisas e há ua que pergunta "qual sua favorita cena no filme?" e para o meu desapontamento, a cena onde Paulie furiosamente, quebra o espelho, não está incluida. Mouse diz a ela pra desistir de Tori, dizendo que Tori não é uma lésbica, Paulie diz, "eu sou lésbica? Isto é oque você pensa?" Mouse: "bem, você é uma garota apaixonada por outra..." Paulie: "Não! Eu sou Paulie apaixonada por Tori, lembra?" Algo como " eu a amo, e ela me ama e nenhuma de nós é lésbica!" (não lembro exatamente como é a frase). Acho que esta cena é importante porque conduz um dos principais temas do filme: amor não está ligado ao que você é, está ligado a quem você é.

Muitas pessoas podem desejar que Piper nao tivesse morrido, que ela e Tori voltasse, mas quando eu penso nisso, eu concluo que este fim é o melhor, não na intenção de que Paulie mereça morrer, mas da maneira que a história é conduzida, um final feliz estragaria tudo. É interessante como Léa Pool não mostra Paulie caindo do telhado, ao invés disso, ela mostra o falcão voando. O final faz você pensar Ele dá profundidade ao filme. Eu não sei se ela (Piper Perabo) desistiu de fazer o filme "Pearl Harbour" por este, mas eu definitivamente fico contente por ela ter feito. Uma vez, eu assisti o início e acelerei para o final. Paulie está tão diferente! Meu coração partiu quando eu a vi passando por tudo isso no final. Meu irmão assisitiu e ele quis assistir novamente, mas não conseguiu por o filme é muito triste.

Eu tenho um questão sobre Paulie. Ela se considera uma garota, um rapaz ou nada? Quero dizer, ela define seu próprio sexo ou não se importa? Ela se odeia por ser uma garota? Ela odeia rapazes? Eu acho que ela é feminista, uma pista está na cena da aula de matemática quando Senhorita Bannet diz a Tori, "se você gastasse menos tempo fofocando e ouvindo mais..." Paulie responde: "fofocando? Eu considero isto um soco no rosto, senhorita Bannet. Esta é uma palavra que os homens costumam a usar para desvalorizar as conversas entre as mulheres. Você quer ser parte desta m****? Uma coisa é certa, ela não se considera lésbica. Paulie é tão complexa. É maravilhoso como um personagem pode ser tão bem desenvolvido em 103 minutos. Ela é romântica, devotada, determinada, esperta, passional, forte, confiante... Eu tenho certeza que há mais coisas nesta lista. O que mais? Sua habilidade para compreender Shakespeare este ponto me impressiona. Pode alguém hoje fazer isso? Ler Shakespeare como se estivesse lendo qualquer outra coisa? Eu nunca o compreenderei sem anotar e ao menos sem ler 2 vezes.

Isto é tudo que eu tenho a dizer por agora. Eu apenas assisti ao filme há algumas semanas atrás e amei! Ficarei muito feliz em conversar com qualquer pessoa sobre este filme."


Assunto de Meninas (Lost and Delirious), Meu passado e Meu futuro - por Nio

"Eu lembro quando eu assisti ao filme, foi no mês de fevereiro de 2003 e 3 anos antes eu havia terminado com minha namorada. Eu quase me matei por causa disso, pois ela era meu tudo e nós falavamos sobre nosso futuro, como nód viveriamos juntas e passariamos o resto da vida juntas. Porém, ela teve problemas com seus pais por minha causa (eles quase descobriram sobre nós), mas ela me apoiou e continuou a me amar. Nós compartilhamos o mais incrível amor e meu amorficava mais forte a cada dia. Mas merdas acontecem, ela conheceu um cara e se apaixonou por ele e me chutou depois disso. A vida parecia tão sem sentido e eu pensava em acabar com a minha.

Então, por 3 meses, eu não a vi, ou telefonei e tudo que eu queria era fechar o meu mundo para tudo. Eu chorava todas as vezes que eu lembrava-me dela, quando eu estava trabalhando, deitada na cama, comendo, quero dizer que ela era a primeira coisa em minha mente quando eu acordava de manhã e a última coisa que eu pensava antes de ir dormir. Eu costumava a chorar antes de dormir, pensando porque ela estava fazendo aquilo comigo, depois de tudo que passamos, então eu comecei a manter minha mente ocupada, assisti filmes era uma maneira de fazê-lo. Continuei procurando por filmes e topei com Assunto de Meninas (Lost and Delirious), meu pensamento era: "ah! Melhor do que nada". Eu precisava fazer algo para ocupar minha mente, então aluguei. Demorei 2 dis para assistir aofilme, pois nãoestava muito interessada nele eu nem havia lido o resumo. Quando eu não tive nenhum filme para assistir eu decidir vê-lo. Eu estava sozinha, quando vi Paulie e Tori se beijando eu pensei: "o que é este filme?" COmecei a entra nas emoções, cada cena me fazia lembrar do meu amor com minha ex, como a cena do beijo, de amor, tudo. Era como se eu estivesse assistindo a minha vida. Eu pude sentir meu coração quebrar-se em pedaços quando Tori largou Paulie, até ouvi o coração de Paulie se quebrando, meu rosto ardeu em raiva quando Tori transou com Jake. Eu sentia tudo que Paulie sentia, a dor, a tristeza, a paixão, eu era ela! E ela era eu! Meu pensamento era o mesmo dela, eu tentei ganhar meu amor de volta e não funcionou, tudo que eu pensava era em me matar, pois não conseguia viver sem ela... Quando eu assisti o final, eu disse a mim mesma, este filme é totalmente sobre mim, mas Paulie perdeu sua vida, suicidando-se, isto me deu o estalo. Eu prometi que iria superar, mesmo sendo difícil eu iria tentar e tentar. Parecia que Deus estava falando comigo, mostrando este filme para mim e dizendo me que tudo ficaria bem daqui por diante. Aquele tipo de fim não era para mim e eu não poderia me deixar ferir pela minha ex. Assim, eu decidi me reconstituir, esquecê-la e partir para outra. Foi difícil, mas quando eu penso no filme, eu ganho forças. Eu amo minha ex e eu nunca a esquecerei, porque ela foi minha primeira e me mostrou o que é o amor, como amar, como aceitar o amor, como dar amor, sem ela eu nunca teria amado e eu aa agradeço, em minha opinião, nós não somos humanos se nunca fomos magoados, sendo assim, eu sou humana. quando eu estava me sentindo bem para baixo, eu entrei num grupo de discussão e eles me ajudaram muito a sarar o meu coração partido, eu estava cheia de dúvidas e sentindo como se eu nunca fosse amar novamente, mas eles me deram confiança, eu devo muito a eles.

A maior coisa que acontece no grupo foi que eu encontrei minha Tori (ela é Ant), eu nunca soube que ela seria a pessoa e tudo isso enquanto ela estava bem na minha frente, sou grata, pois não estou cega para perceber que ela é a pessoa. Uma vez eu achei que nunca amaria novamente, mas ela mudou tudo, ela me mostrou o que o amor dignifica, ela me mostrou um amor sem limites, ela me ama como eu sou, me vê como eu sou, aceita me como eu sou, a coisa mais importante, ela me faz sentir viva e amada novamente. Quando eu assisti ao filme pela segunda vez, eu pude entender melhor e não quero desperdiçar o meu amor novamente, me sinto tão abençoada por Deus, por me mandar o amor da minha vida, ela a minha metade que uma vez eu pensei ter perdido... Eu aprendi que estar apaixonada é uma coisa maravilhosa e quando a outra pessoa também está apaixonada por você, então você é uma pessoa completa. Sei que se Tori correspondesse ao amor de Paulie, Paulie poderia ser uma pessoa completa, porque amor é a única coisa que te faz humano e diferencia você das outras criações de Deus. Neste mundo cheio de pessoas falsas, amor é a única coisa que te mantem vivo. A única coisa que não é falsa, nem ilusória. Você não consegue definir o amor, porque o amor é... O filme me mudou bastante, me deu uma visão de amor e vida. Por isso Assunto de Meninas (Lost and Delirious) é meu passado e meu futuro.

Minha cena favorita
Hum... isto é difícil porque cada cena tem seu lugar no meu coração. Eu escolheria a última cena onde Paulie encerra pulando do telhado e o falcão voa. Esta cena me marcou muito... Especialmente uando o falcão voa e vemos as pessoas através pela visão do falcão. Eu era o falcão, não Paulie que pulou, eu fui uma vez ferida como o pássaro, demorou para curar-me, agora que estou totalmente curada, é hora de deixar o ninho e voar, esquecer meu passado e ir adiante e ver a vida de uma modo diferente."