Bastidores

Nas versões canadenses e brasileiros do DVD está incluído um vídeo com os bastidores do filme.

O video contém 8m e 10s e começa mostrando como as cenas do filme foram filmadas. No começo, dois câmeras são mostrados, eles estão filmando "Paulie" (Piper Perabo) esperando na mesa da biblioteca onde ela diz a "Tori" (Jessica Paré):

"I will make me a willow cabin at your gate", a cena se refere a peça de Shakespeare "twelfth night".

Poucos segundos depois, vemos "Mouse" (Mischa Barton) correndo em direção a escola após o duelo entre Paulie e Jack no final do filme. Depois de um curto close em Jessica, nós vemos pela primeira vez Léa Pool dirigindo o filme.

A primeira atriz a falar é Piper Perabo, que interpreta Pauline "Paulie" Oster:

Piper Perabo: " para mim o filme é sobre amor e... sobre... a expansão dos limites do amor."

Durante a entrevista, pare da cena onde Faye Vaughn (Jackie Burroughs) está de pé diante da classe e lê Shakespeare is mostrada. Ela escreve no quadro a passagem sobre o "amor É!"

Jessica Paré então, é entrevistada:

Jessica Paré: "é um rito de passagem sobre sobre o primeiro relacionamento e sobre amizades, e achoque especialmente nessa idade podem acontecer relacionamentos intensos. É realmente sobre amar alguém por quem ele é, independente do sexo."

Várias cenas com Mary B são mostradas. Também algumas cenas de amor entre Tori e Paulie.

A entreivta de Jessica continua:

Jessica Paré: "a história destas duas garotas tem uma amizade que se torna cada vez mais intensa e acho que Tori não se tornará necessariamente lésbica, nem é lésbica."

Logo depois, é mostrada a cena onde Tori fala com sua irmã (Emily Vancamp) no jardim da escola. (Allison havia flagrado Tori e Paulie nuas na cama uma cena antes)

A entrevista continua enquanto clipes do filme são mostrados.

Jessica Paré: "acho que ela ama Paulie, é sua melhor amiga e totalmente devotada a ela."

Imediatamente após a entrevista de Jessica Paré, a entrevista com Piper Perabo continua:

Piper Perabo: "Você ama quem ama e sobretudo quando alguém ama tanto assim pensa: 'como podem me negar isso?' Não há como negar a fúria, o fogo."

Se olharmos atentamente para Piper Perabo, podemos ver que ela tem um ferimento maqueado no seu olho esquerdo.

A próxima entrevista é com Léa Pool, bastante interessante por sinal; ela fala sobre suas intenções como diretora do filme.

Léa Pool: " é a história da amizade de 3 garotas num internato, e de como elas iniciam sua vida adulta nesse lugar muito especial."

Após a fala de Léa Pool um acena do filme, quando Tori e Mary conhecem Jake (Luke Kirby) e seus amigosJohn (Stephen Mwinga) Phil (Peter Oldring) na floresta é apresentada.

A entrevista com Léa Pool continua:

Léa Pool: "Elas precisam aprender sobre a vida, então são muito unidas e ao mesmo tempo isso é muito doloroso e prazeroso. Há muitas emoções no filme."

A entrevista é interropida pela cena onde as garotas estão cantando na capela. Mary observa a Tori and Paulie dando as mãos, enquanto cantam no coral.

A entrevista de Mischa Barton começa:

Mischa Barton: "acho que Mouse é o ponto de vista do público. Os sentimentos e as emoções são dela enquanto tudo acotece com Tori e Paulie (Mischa ri).

Durante a entrevista de Mischa, descobrimos a única cena cortada (pelo que se sabe) do filme.

A cena mostra o primeiro encontro entre Paulie e Mary. Elas estão no sofá e Paulie está fumando um cigarro. O diálogo não mostrado no filme é:

Mary B: "Ela só me mostrou o quarto"

Paulie: "Mhm. Ela disse alguma coisa?"

Mary B: " Desculpe, sobre?"

Paulie: "Ela disse algo sobre mim? Se falar, venha correndo me contar."

Continuação da entrevista com Mischa Barton:

Mischa Barton: "Ela chega ao internato muito tímida, enquanto está lá, Paulie tem uma espécie de colapso nervoso, e por causa disso ela se desenvolve e fica mais forte para ajudar Paulie."

Retoma a entrevista com Jessica Paré:

Jessica Paré: "ouvir falar que Léa ia fazer um filme em inglês e falei com todo mundo que queria fazer um teste e quando li o papel de Tori,adorei, pois achei que era eu. Acho que sou parecida com ela, quero que as pessoas gostem de mim. Ela é bem alegrinha, então é divertido e tem muitas emoções intensas, o que é bom porque é um papel bem difícil."

Algumas cenas de bastidores são mostradas.

Continuação da entrevista de Piper Perabo:

Piper Perabo: "muitas vezes, nessa idade, as mulheres não são vistas como muito inteligentes e quase nunca como líderes. Portanto, gosto muito disso nela."

A entrevista é interrompida pela cena que Paulie fala sobre o amor:

"Mentirosa, mentirosa, mentirosa, mentirosa! Você não sabem nada, o amor é. Ele simplesmente É! Não podem fazê-lo desaparecer, é a razão de estarmos aqui. É o topo da vida. E, quando você chega ao topo e olha para todos lá em baixo está preso nele para sempre, pois se tentar mover-se, você cai, você cai..."

Piper Perabo: "eu gosto da paixão que ela tem por seus estudos e seus amores. Ela é 3 mil por cento o tempo todo. Está sempre correndo, nunca se cansa. Não sei quando Paulie dorme, está sempre com a corda toda."

Antes da continuação da entrevista de Mischa Barton, uma cena onde Mouse está pensando sobre o que ela deve escrever numa carta para sua mãe é mostrada.

Mischa Barton: “eu tinha uma boa noção de como Mouse deveria ser, das suas reações nervosas, das coisas que fazia ao se intimidar. Eu já sabia interpretar alguém tímida, e Léa me ajudou.”

Referindo-se a entrevista de Mischa Barton, uma cena do filme é mostrada, onde Mischa acorda e Tori e Paulie estão nuas na cama. Mouse levanta confusa e vá lavar o rosto na pia.

Continuação da entrevista de Léa Pool:

Léa Pool: “passa-se, rapidamente, a cada cena, para uma emoção totalmente diferente, e na cena seguinte há outros sentimentos e emoções. É bem difícil, mas elas são tão talentosas. Eu fico surpresa com tanto talento, são tão jovens. Eu só as sigo, só dou algumas deixas e elas sabem que eu estou vendo, que se algo não fica bom eu aviso, e entendem logo, elas se entem à vontade para irem até onde quiserem.

A cena do último beijo entre Tori e Paulie e mostrada onde Tori diz a Paulie, “.. isto nunca mais poderá acontecer, está me entendendo?” e Paulie fica arrasada logo após este diálogo.

Léa Pool: “eu acho que elas confiam uma na outra e em mim, portanto, há uma colaboração de toda a equipe, e funciona bem."

Continuação da entrevista com Mischa Barton:

Mischa Barton: “Tori, Paulie e Mouse são totalmente diferentes, mas acho que é isso que torna o filme tão bom."

A última cena mostra a festa do chá do começo do filme.

Final: 8 min 10 sec

by Stefan